Skip to content

PocketBomb

16/12/2009

Ah, os celulares! Esses maravilhosos e pequenos aparelhos que permitem-nos comunicar com o mundo e fazer uma infinidade de coisas enquanto estamos longe dos nossos computadores. Só conheço uma pessoa que não gosta de celulares, e não era pra menos: só de janeiro a setembro deste ano foram vendidos mais de 11 milhões de aparelhos no Brasil¹.

Sempre que surge uma tecnologia nova, aparecem aqueles tecnófobos que acham que até um LED é nocivo à saúde, e com os celulares não poderia ser diferente. A desculpa nesse caso é que as ondas emitidas pelos celulares e pelas torres de comunicação seriam capazes de provocar mutações nas células do corpo humano, podendo levar a um câncer.

Felizmente, esses argumentos não possuem embasamento científico, já que existe uma enorme quantidade de estudos mostrando que isso é balela, e inúmeras agências responsáveis por homologar os aparelhos estão aí pra garantir que eles sejam seguros quanto a esse aspecto.

Infelizmente, o uso do aparelho celular não é isento de riscos, afinal qualquer celular pode cavar um buraco no seu bolso. E não, não estou me referindo ao preço dos aparelhos, e sim às suas baterias. Você certamente já deve ter lido notícias em que a bateria do celular explode, às vezes deixando vítimas fatais, como neste caso.

Você já deve estar se perguntando: “Afinal, qual o propósito deste post?” Eu digo. De uns meses pra cá,vinha notando que a tampa traseira do meu celular estava difícil de encaixar. No começo pensei que a bateria estava torta, até que um dia eu tentei colocar a tampa, e não conseguia de jeito nenhum. Foi quando eu me dei conta:

Em cima: Nokia BL-5C; Embaixo: bateria Motorola

A bateria do meu celular estava inchando. De início achei que fosse uma coisa natural, afinal era uma bateria bem antiga, e pesquisando no Google encontrei alguns relatos parecidos. Em um dos que eu encontrei, o cara disse que furou a capa da bateria com um alfinete e saiu de dentro dela um gás de cheiro forte, além da bateria ter parado de funcionar depois disso.

Obviamente o que o cara fez foi loucura. O lítio que compõe essas baterias, é um metal altamente reativo e pode entrar em combustão simplesmente por entrar em contato com o ar, tanto que quando começou a era do lítio no mundo das baterias e essa tecnologia estava apenas engatinhando, o objetivo principal das fabricantes era fazer elas pararem de explodir.

Circula até hoje pela Internet essa famosa foto em que a bateria de um laptop (um dos primeiros com bateria de lítio), explode durante uma convenção exposição whatever:

Se fosse um celular, estaria no bolso de alguém.

O fato é que a bateria inchar não é normal, já que essa situação não é descrita por nenhum fabricante. A postura deles quando há um lote de baterias com esse defeito é fazer o recall, uma medida extrema, provavelmente para não colocar em risco a saúde das pessoas, apesar de quase sempre afirmarem que não há riscos. Sei.

A Nokia já passou por isso com um lote de baterias do modelo BL-5C (a mesma do meu celular), e a Apple também teve problemas recentemente com as baterias do seu MacBook Pro, ambas com o mesmo problema. Porém, ao verificar o número de série da bateria do meu celular, ela não estava no programa de recall. Estranho.

Se você notar algum comportamento estranho em uma bateria recarregável, primeiro procure saber se a fabricante fez recall, é bem comum isso acontecer. Caso contrário, descarte a bateria (através dos postos de coleta), compre uma nova e, se possível, troque também o carregador. Ao lidar com baterias, prefira sempre produtos originais, afinal sua saúde vale bem mais que a economia. Vale lembrar que estas são medidas de precaução, afinal não há nenhum esclarecimento por parte dos fabricantes quanto aos riscos de usar uma bateria deformada e como proceder nessas situações.

Este post é mais um relato de utilidade pública do que qualquer outra coisa. Divulgue (e me perdoe se a leitura foi muito chata)!

¹ Cresce a venda de celulares no Brasil

5 Comentários leave one →
  1. MLessa permalink
    16/12/2009 14:27

    Ufa,passei perto!! A minha é BL-5B

    • 16/12/2009 15:34

      Conselho: Você precisa ler isso: https://icaju.wordpress.com/2009/06/22/a-arte-de-fazer-silencio-na-internet/

      Isso só te custará R$38,90 sabe como é o conselho é bom, portanto não pode ser de graça.

  2. 26/12/2009 19:05

    Cara segundo uma reportagem que vi, hoje no mercado circulam muitas baterias que foram pirateadas, inclusive existem lojas na china, onde vc entra e escolhe o tipo de aparelho de (marca famosa) que vc quer que seja pirateado, inclusive no mercado até mesmo os representantes terminam comprando gato por lebre.
    E qual o risco, bem esses equipamentos feitos dessa forma, não passam pelos rigorosos teste de laboratorio, isso é o que faz eles serem mais baratos. Pois bem como não tem controle, pode ser que uma hora ele resolva virar pipoca.

    Atenção, o detalhe pode fazer a grande diferença.

  3. Raphael permalink
    16/07/2010 18:25

    Olá amigo, vim aqui para deixa o link onde estão todas as obras do Cientista Herbert Alexandre Galdino Pereira da área de Eletromagnetismo Aplicado e Aviónica. Ele é autor da Teoria do Triângulo das Bermudas, Teoria dos Celulares e Eletricidade Estática, e Orientação aos Aviadores Brasileiros ao voarem a Serra do Cachimbo, em Mato Grosso, pois existe campo Magnético na área do Brasil. Entre outras obras.
    Deixo o Link aqui em baixo para Leitura e Downloads das Obras deles.

    http://www.scribd.com/people/documents/13555060-fuma-a

    Um abraço.

Trackbacks

  1. uberVU - social comments

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: