Skip to content

A sala de aula do futuro – Parte II

28/05/2008

Dando continuidade a série de posts “A sala de aula do futuro”, que trata do uso de servidores de groupware em ambiente escolar. Quando menciono o projeto eu estou me referindo ao uso do servidor na minha escola, mas as informações podem ser úteis também para outros projetos realizados em outros locais. O primeiro artigo da série pode ser lido aqui.

Há um sem-número de soluções em servidores de groupware disponíveis no mercado, cada uma com suas particularidades, interfaces e recursos. Com base nas necessidades e limitações presentes no âmbito escolar foram apontadas pela minha equipe as características que devem estar presentes no servidor de groupware para que este possa ser utilizado neste projeto. São elas:

  • Idioma: o software deve estar todo traduzido para o português, ou pelo menos na parte da interface de usuário, pois nem todos os alunos tem proficiência em outros idiomas senão o português.
  • Cliente: o servidor precisa ter a capacidade de trabalhar junto a clientes de groupware que funcionem na máquina do usuário (Outlook, Live Mail, Evolution, etc), pois este tipo de programa otimiza o uso da conexão com a internet, diminuindo o tráfego de dados e consequentemente tornando o uso do servidor uma alternativa viável mesmo para aqueles que usam conexão discada com a internet.
  • Licença: a licença do software deve permitir o seu uso gratuito para o fim deste projeto, bem como o uso sem limite de usuários ou recursos.
  • Interface web: o servidor deve possuir a funcionalidade de interface acessível via browser e esta deve ser intuitiva o bastante para que não haja dificuldade de uso para os usuários mais leigos.

Muitos recursos presentes nos servidores de groupware não têm muita utilidade prática no ambiente escolar, por isso é necessário separar os servidores com base nas suas capacidades de uso. O servidor a ser utilizado deverá apresentar todas as funcionalidades requisitadas; os recursos que podem representar melhorias para os alunos são:

  • Agenda escolar: uma espécie de calendário escolar, porém mais abrangente, que mostre datas de avaliações, eventos, feriados, reposições de aulas, etc, bem como compromissos mais diretamente ligados às aulas, por exemplo a programação do conteúdo de cada aula e o material a ser utilizado naquele dia. Além disso, qualquer aluno pode criar um calendário e compartilhar com outros alunos, função muito útil para criar cronogramas de atividades em grupo.
  • Tarefas: uma lista resumida que mostra todas as tarefas a serem feitas pelo aluno, junto com os seus respectivos prazos. Assim como as tarefas isoladas, são mostradas também tarefas conjuntas, como um passo-a-passo para a conclusão de um trabalho com mais de uma etapa.
  • Arquivos: um espaço para armazenamento de pequenos arquivos com a possibilidade de escolher quem tem permissão para editar ou até mesmo visualizar estes arquivos, que podem ser trabalhos individuais (o aluno pode compartilhar o seu trabalho somente com o professor, eliminando a necessidade da impressão em papel) ou com o grupo, permitindo que os outros componentes tenham acesso aos arquivos e possam editá-los.
  • Chat: salas de bate-papo que são criadas pelos alunos conforme necessário, podendo definir os alunos que têm ou não permissão para se juntar ao bate-papo, o que pode ser utilizado para realizar reuniões de grupo à distância.
  • Contatos: uma lista centralizando os dados para contato que os alunos desejem disponibilizar para o resto da turma, como telefone fixo, celular, endereço, foto, email, etc.
  • E-mail: uma conta de correio eletrônico que além de poder exibir a caixa de entrada de outras contas (Gmail, Yahoo!, etc) pode encaminhar as mensagens que chegam para um email de preferência do aluno, ou seja, caso ele deseje pode verificar os e-mails de todas as suas contas (inclusive a da escola) na mesma página ou se não quiser utilizar o email da escola pode programar esta conta para encaminhar todos os e-mails que chegarem para outra de sua preferência. A conta de email da escola fornece um meio de contato com o aluno sem violar a privacidade de seu email pessoal.

Muitos telefones celulares, smartphones e PDA’s encontrados nas mãos dos alunos hoje em dia possuem a capacidade de sincronização de e-mails, contatos, agenda e tarefas com servidores de groupware. Apesar de a conexão com a internet através do celular ainda ser uma realidade bem distante na escola, não se deve ignorar as facilidades que o acesso a estas informações diretamente da sala de aula trariam, por isso a compatibilidade com dispositivos móveis é uma característica facultativa, porém interessante de se ter no servidor escolhido para tocar o projeto.

No próximo artigo da série falarei sobre três servidores que atendem todas as necessidades de uma escola: Citadel, Open-Xchange e Zimbra com uma análise bem resumida sobre cada um deles.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: