Skip to content

Full HD, full functionality

17/05/2008
tags: , ,

Imagina só: você acabou de comprar uma TV Full HD com um telão de mais de quarenta polegadas, pagou a vista, claro, e vai levar na sua Ferrari. Chegando na sua mansão você manda o serviçal retirá-la de sua caixa e colocar na parede do seu banheiro, porque na sala você só gosta de assistir filmes e o projetor de cinema que lá se encontra cumpre satisfatoriamente este papel. Você se dirige ao banheiro, entra na sua Jacuzzi e começa a apreciar a sua última aquisição. Poderia ser melhor?

Pois é, para a Sharp poderia sim! Eles tiveram a brilhante idéia de unir à televisão uma porta ethernet de 100Mbps e um browser. Pra quê isso? Para poder navegar na Internet, é claro, como se já não bastasse uma TV LCD com uma bela qualidade de imagem e uma tela enorme. Apenas dois modelos possuem esse recurso deveras interessante, que são o TL-M4600 (46”) e o TL-M5200 (52”). Apesar da nova funcionalidade, esses dois modelos mantêm as conexões padrões de um aparelho Full HD, como HDMI, DVI e D-sub e não ficam devendo nada para outras TV’s Full HD comuns.

Você já pode ter uma dessas em casa, basta desembolsar a bagatela de US$3995,00 pela de 46” com taxa de contraste de 1500:1, ou US$4995,00 pela de 52” com taxa de contraste de 2000:1, ambas com 1920×1080 de resolução e 6ms de tempo de resposta. O preço é meio salgado, até mesmo para os americanos estadunidenses. Tudo bem, eu nem queria uma dessas mesmo. Eu não gosto de ver imagens de alta qualidade em telas imensas, prefiro minha TV de tubo de 20″ com aqueles fantasmas, chuviscos e tudo mais, onde cada virada de canal é uma emoção pois nunca sabemos se ele pegará ou não.

Se esse produto se tornar popular pode provocar uma nova revolução nos meios de comunicação, assim como aconteceu quando explodiu o número de TV’s nos lares. A família, ao invés de sentar na sala para assistir o lixo extremamente publicitário e alienante que a TV despeja em nossas casas poderá se reunir para ler bons textos, realizar pesquisas, ficar a par das notícias, participar de comunidades e tudo isso de forma bem simples, afinal trata-se de uma TV e não um computador com todas as complicações que isso traz, enfim, seria uma forma bem mais útil de aproveitar o tempo livre. Só resta saber se a usabilidade do browser é aceitável e se as páginas ficarão legíveis.

Aos poucos o computador está indo para a sala, como um centro de mídia, e, como podemos ver, a TV está dando lugar à Internet no cotidiano de muitas pessoas. A convergência, que já é uma realidade em outros nichos de produtos, como telefonia, avança cada vez mais em direção a nossas salas de estar.

Fonte: INFO Online

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: