Skip to content

Mudanças na sala de aula

10/10/2008

Projetos desenvolvidos por nós que contemplam o ambiente da sala de aula.

1. Aulas filmadas

Filmadoras serão fixadas no teto das salas de aula e gravarão toda a aula do professor(a) para que possa ser enviada para um site/blog ou armazenada em algum hospedeiro de vídeos onde os alunos poderão rever todas as aulas para que possam tirar eventuais dúvidas que possam não terem sido esclarecidas.

O Sartre COC já faz uso desse recurso, mas apenas para alguma aulas especiais. Esse conteúdo é liberado na internet onde alunos e professores podem acessar. Com isso em pratica o aluno pode fixar mais rapidamente o assunto de cada matéria, seria algo como uma revisão on-line.

Custo(s):

Para o ensino médio:

21 filmadoras de R$96,50 à R$108, cada

1 computador de R$799,00 à R$1199,00 cada

TOTAL: R$2825,50 à R$3467,00.

2. Uso mais freqüente de laboratórios

A idéia apresentada é o uso constante dos nossos laboratórios, para realizações praticas dos assuntos teóricos vistos em sala de aula. Nosso colégio já faz o uso dessa idéia mas com uma freqüência muito pequena, quase não são usados os laboratórios e quando são é uma vez a cada unidade. Os colégios Marista, Salesiano e Luiz Eduardo usam pelo menos uma vez por semana seus laboratórios. Os professores das salas poderiam ser treinados pelos professores do laboratório para assim não sujeitarem a aula do laboratório à disponibilidade do professor de laboratório.

Custo(s):

Laboratórios: a nossa instituição de ensino já possui laboratórios e não haverá gastos nesse aspecto.

Instrumentos: existem 3 laboratórios (Química, Física, Biologia) que já estão devidamente equipados porem precisando de aperfeiçoamento.

3. Realização de Webcasts

Webcast é muito simples e eficiente: com ele você pode transmitir ao vivo e em tempo real, para um grande número de pessoas situadas em um local remoto (seja em um grande auditório ou mesmo em diversos lugares diferentes), palestras, conferências, comunicados e qualquer tipo de comunicação que precise ser feita à distância, tendo a internet como veículo prático e econômico para a transmissão do conteúdo.

As funcionalidades são diversas. Por exemplo: o presidente de uma grande empresa que deseja falar ao vivo para os seus funcionários, ou o analista financeiro que precisa prestar consultoria em tempo real para seu cliente.

A Microsoft usa essa método para fazer palestras, comunicados, entre outros em lugares onde ela não pode enviar palestrantes ou informantes. O colégio Sartre COC também faz uso dessa possibilidade.

“Mais uma inovação do colégio Sartre COC, a tele-sala é a aula do futuro.

Ela conecta em tempo real professores e alunos de cidades diferentes.

Você vai assistir palestras de professores de todo o Brasil ou aulas específicas através do sistema telepresencial, com dois telões: no primeiro você vê a imagem do professor em tempo integral, e o segundo projeta o conteúdo da apresentação.

Esse sistema permite que o aluno participe da aula e tire dúvidas como se o professor estivesse na mesma sala que ele, apesar dos quilômetros de distância.”

A aplicação pode ser feita em todas as salas do ensino médio ou em algumas salas estratégicas onde seriam um recurso que os professores do ensino médio usriam, reduzindo os custos.

Custo(s):

Para todas as salas do ensino médio:

21 Projetores de R$1400,00 à R$3800,00 cada

21 computadores de R$799,00 à R$1199,00 cada

TOTAL: $46179,00 à R$104979,00

Para 7 salas estratégicas:

7 Projetores de R$1400,00 à R$3800,00 cada

7 computadores de R$799,00 à R$1199,00 cada

TOTAL: R$15393,00 à R$34993,00

4. Nova proposta de avaliação

Fazer uma conscientização entre os professores mostrando os esfeitos ruins de uma avaliação quantitativa e que isso já tem acontecido em alguns colégios. Questionamentos sobre a eficácia dos métodos avaliativos quantitativos pois não levam em conta certas dificuldades que o aluno possa ter.

Atualmente as avaliações ocorrem na forma de provas escritas, trabalhos em grupo e auto-avaliações na maioria das escolas. A proposta é avaliar o aluno de modo que seja levado em consideração as individualidades que ele possua para contribuir na formação profissional dessas pessoas.

Se mantida a avaliação quantitativa os alunos poderão sofrer com conseqüências que poderiam não ocorrer caso suas individualidades fossem consideradas. Em entrevista, os professores Ivanildo Borges e Florêncio Filho concordaram com a idéia.

Custo(s):

Nada será gasto na implementação desse novo método de avaliação.

5. Infocentros, centros de informática

Observamos cotidianamente a importância das tecnologias em nossa vida e seu rápido desenvolvimento. O computador aplicado no conhecimento, tem uma função muito notória no que diz respeito a formação de um indivíduo independente, critico, criativo e “antenado” com as transformações decorrentes da nossa sociedade. Não seria diferente para a formação de um infocentro, no qual o computador é o coração do projeto.

Infocentro seria um segundo ambiente de convívio, que tem como objetivo maior, aumentar o desenvolvimento intelectual dos alunos, para isso deixariam os alunos cientes sobre: avaliações, assuntos dados em aulas anteriores e posteriores com as observações dos professores sobre eles e no futuro ser utilizado como um sistema de arquivos on-line, para que os alunos que faltaram às aulas possam manter-se informados.

A utilização do laboratório ocorrerá em horários livres, que não atrapalhassem as aulas. Para a realização desse projeto são necessários uma sala, computadores, switch, bancada e cadeira de rodízio.

O trabalho já é realizado em alguns lugares da Bahia, tais como na Faculdade Jorge Amado localizado em Salvador – BA, onde os alunos tem a possibilidade de se manterem informados, participar ativamente do que acontece na instituição e poder fazer reclamações sobre diversos assuntos.

6. Software livre educacional

Se é na escola que o aluno enquanto ser social compreende o seu papel de cidadão, começa a integrar-se a sociedade e a sua cultura, deve ser nela também, que ele comece a perceber o mundo, os valores e à sua forma de atuação neste tecido social. A geração de jovens que está diante de nós é a geração do “ciberespaço” – da televisão, do vídeo, clipes, da internet, dos jogos e do computador. Uma geração com uma nova identidade, que se baseia principalmente na fragmentação de informações. É de fundamental importância construir atualmente um ensino que seja ligado a vida social dos alunos, inerente ao seu tempo, incorporando ao seu processo de ensino-aprendizagem a Tecnologia Educativa.

O projeto tem como objetivo principal o desenvolvimento de um software educacional coerente com a perspectiva pedagógica. Está sendo utilizado em Blumenau e foi desenvolvido para que os alunos visualizem situações cotidianas que possibilitam o aumento do seu conhecimento sobre determinados assuntos com maior interatividade e de forma divertida.

Para pôr em prática esse projeto faz-se necessário à utilização de retro-projetores, tela elétrica, computadores e a construção de mais dois laboratórios. O trabalho elevaria o nível de interatividade e curiosidade dos aluno sobre as atividades, pois o mesmo acharia a forma de aprendizagem interessante. Seria interessante que o software permitisse o uso em casa sem custos com licenças, para que ele pudesse estudar no momento que quiser, daí a necessidade de ser um software livre.

7. Servidor de groupware escolar

Os servidores de groupware são velhos conhecidos no ambiente corporativo. Tratam-se de ferramentas que foram criadas para resolver problemas de comunicação e colaboração dentro de equipes, usando o computador. Algumas de suas funções mais conhecidas são a sincronização de calendários entre usuários, email, bate-papo e troca de arquivos, tudo isso acessível pelo aluno a partir de qualquer equipamento conectado a internet, até mesmo celulares.

O servidor conteria o planejamento das aulas repassado pelos professores, datas de provas, download de material usado nas aulas, além de um email exclusivo para assuntos da escola e um espaço de bate-papo para retirar dúvidas com os professores e outros colegas e fazer reuniões.

Dessa forma também se resolve o problema das faltas: quando o aluno faltar a uma aula ele poderá ficar a par dos compromissos apenas acessando o servidor. Tarefas passadas pelos professores também podem ser disponibilizadas no servidor, assim como memorandos e avisos.

Foram analisadas vários softwares que realizam esta tarefa e o que mais se adequa as necessidades de uma escola é o servidor Zimbra. Sendo este servidor um software livre não há custos com licenças, tampouco outros custos para viabilizar o projeto. Todo o equipamento necessário já existe na escola, basta a escola autorizar a instalação do servidor em um dos servidores ligados à internet da rede SESI.

8. Estágio no colégio

Criar uma disciplina nova, com o objetivo de preparar os alunos para o mercado de trabalho e para o primeiro emprego, simulando um ambiente de trabalho dentro da escola, onde o aluno aprenderia normas de convivência, organização de trabalho em grupo e conheceria o funcionamento e a hierarquia de uma empresa. Os cargos seriam distribuídos de acordo com o desempenho nas aulas normais, assim estimulando os alunos a se esforçar mais nos estudos.

Os alunos poderiam inclusive ajudar no colégio, como estagiários, realizando pequenas tarefas e diminuindo assim a carga sobre os funcionários da escola e proporcionando uma interação melhor entre os alunos e a escola.

Custo(s):

É necessário apenas a produção do fardamento, para diferenciar os alunos que estão “trabalhando” dos que estão em aula, que custa em média R$6,00 por camiseta. A escola poderia pagar o aluno com benefícios internos, como vale-refeição na cantina e uma ajuda na avaliação qualitativa.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 226 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: